O recente caso em que a ministra Ministra da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, foi pega usando o helicóptero do SAMU, mostra bem a diferença entre ilegalidade e imoralidade. A ministra costuma usar a única aeronave da Polícia Rodoviária, conveniada ao serviço de atendimento médico, quando está no Estado e os equipamentos como maca e tubo de oxigênio são retirados quando a ministra usa o helicóptero. Não precisa nem dizer que o atendimento de urgência aos pacientes é suspenso, colocando vidas em perigo.
Se é legal ou não, o que deveria pesar é a moralidade do ato. O que incomoda é a desfaçatez com que os políticos estão usando bens públicos para seu próprio benefício. E ainda tem coragem de defender esse uso imoral. E nem ficam com vergonha ao fazer isso!

 

 

Lembrando o ensinamento do grande mestre Martin Luther King: Nunca esqueça que tudo o que Hitler fez na Alemanha era legal.